Dúvidas sobre a nota fiscal

por

Participar do mercado pode parecer complicado às vezes. Com suas inúmeras exigências e demandas, alguns assuntos acabam passando despercebidos ou sem a atenção merecida. Uma das coisas que merecem bastante destaque é a nota fiscal, que pode passar muitas vezes despercebida. Abaixo, algumas perguntas que podem ter passado pela sua cabeça:

Preciso emitir nota fiscal?

Sim. Não emitir a nota pode ocasionar multas e até prisão, em estados mais graves. O único que não precisa é o MEI que vende para pessoa física.

Existem quantos tipos de notas?

Três, cada uma com sua especialidade. A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é emitida com a venda de produtos físicos. A Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e) é emitida com a prestação de serviço, seja virtual ou presencial. Por ser um documento municipal, ela possui legislações diferentes. Já a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) não está presente no estado de São Paulo, e funciona como uma substituta ao cupom fiscal eletrônico em outros estados.

Qual certificado digital devo usar?

Existem dois tipos de certificação digital (identificação da empresa aos órgãos públicos). O A1 é digital, o que possibilita mais dinamicidade e praticidade no dia a dia. Já o A3 é físico, e deve ser conectado ao computador.

DANFE é nota fiscal?

Não, ele é a representação física da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). Como a nota é digital e inexistente no mundo real, ela precisa de algo que a materialize, e o DANFE possui esse papel. Além disso, ele possui a chave de acesso da nota, um código de 44 números que ajuda a resgatar e baixar o XML da nota pela internet, que deve ser armazenado por 5 anos.

Vender muito e emitir pouco é bom?

Não, pois dificulta muito a sua vida. Há vários problemas que podem aparecer caso você emita uma nota só para um número muito grande de vendas, como a impossibilidade de cancelar uma nota específica que saiu errada, além de possíveis problemas com a Receita Federal. Logo, a regra é clara: emita o mesmo tanto que você vender.

É importante possuir um emissor de nota automático?

Sim, visto que preencher os dados que a nota pede ocupa tempo e responsabilidade, sem contar os erros humanos que podem acontecer e atrapalhar sua vida. Assim, contar com um sistema gerador automático de notas fiscais facilita não só o seu dia, como o bem-estar de sua empresa. Aqui na Super Empresa, nós contamos com 1500 clientes ativos e satisfeitos, e trabalhamos com emissão de nota fiscal eletrônica. Para saber mais, clique aqui.

Quer Aumentar Suas Vendas?

 

Conheça as soluções da Super Empresa!

Alguns de nossos Recursos

Emissor Fiscal (NFe, NFCe e SAT)

Emita suas notas e cupons fiscais diretamente no celular ou de qualquer computador. Não tem limite de notas e você pode envia-las pelo WhatsApp.

Lance suas Vendas

Orçamentos, Pedidos, Devoluções e Consignações direto no celular, tablet ou computador. Venda de qualquer lugar. Controle suas vendas externas.

Fluxo e Fechamento de Caixa

Controle seus recebimentos e pagamentos de forma simples e prática. Saiba quando vencerão suas contas e analise seu fluxo de caixa diariamente. 

Loja virtual e loja física em um único software

Você vende na loja virtual, o estoque é baixado na loja física!

Nada de ter dois estoques separados para conseguir vender on-line. Com nossos softwares você administra a gestão de estoque de forma inteligente e integrada.

Em nosso plano Plus, você tem controles para gestão completa de sua empresa: entrada e saída de produtos; orçamentos, consignações, pedidos e devoluções; contas a receber, a pagar e fluxo de caixa, além de emissão de notas fiscais eletrônicas.

Emitir Cupons ou Notas?

É com a Super Empresa!
Deixe com a gente e fique tranquilo.